2186312802.8dd5717.ad2885031af548349667071fa93181dd

Conheça as 5 melhores cidades para ter um sítio em Minas Gerais

Quem não está em busca de sossego, um lugar calmo para descansar com a família e, se possível, com opções de lazer nos fins de semana? Ter um sítio em algum recanto de Minas Gerais, por exemplo, é uma solução para escapar do dia a dia corrido das grandes cidades.

Se você considera fazer esse investimento, então não deixe de ler esta postagem. Reunimos, aqui, as melhores cidades em que vale a pena ter um sítio em Minas Gerais.

Para realizar essa seleção, levamos em conta os seguintes dados:

  • a geografia da cidade: zona rural, atrativos ecológicos e belezas naturais, como serras, cachoeiras, lagoas, mirantes etc.;
  • bons acessos viários e proximidade com cidades de médio e grande porte;
  • o IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal), que considera 3 itens: longevidade, educação e renda; o indicador varia de 0 a 1, e quanto mais distante de zero maior é a qualidade de vida;
  • o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, elaborado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon com a FGV (Fundação Getúlio Vargas), o qual analisa 348 cidades brasileiras com população entre 50 mil e 100 mil habitantes.

Portanto, conheça a seguir os 5 lugares que separamos para você e conheça um pouco sobre cada um desses paraísos que as Alterosas oferecem para descansar. Boa leitura!

1. Itabirito

Impossível sugerir recantos de Minas para ter um sítio sem falar de Itabirito e região. A cidade tem uma localização estratégica: fica próxima a Belo Horizonte — 55 km — e é caminho para Ouro Preto, ponto histórico do estado. Essa proximidade só favorece a ideia de ter um refúgio aos fins de semana para escapar da agitação das metrópoles e aumentar a qualidade de vida.

História e natureza marcam a pacata cidade e seus distritos, de quase 50 mil moradores. Itabirito está cercada de serras e montanhas, o que favorece a temperatura média ser amena. Além disso, as paisagens são repletas de cachoeiras que formam lagos ao longo do percurso rodeado pelo verde.

Você percebe a tranquilidade e a beleza da cidade ao subir o Alto do Cristo, de onde é possível ter uma vista panorâmica da região, bem como de suas riquezas naturais.

2. Itajubá

Itajubá é uma cidade montanhosa cercada por serras, no Sul de Minas Gerais. Os 90 mil habitantes são privilegiados: além de morarem em uma geografia formada por cachoeiras, corredeiras e mirantes, têm fácil acesso a cidades de porte médio e a 3 capitais do Sudeste — Belo Horizonte (445 km), Rio de Janeiro (318 km) e São Paulo (261 km).

Não existe desculpa para não ter um sítio por ali, certo? Nada mal descansar aos pés do Parque Estadual de Anhumas, uma importante unidade ecológica do município.

Vale destacar que Itajubá está na lista das 50 melhores cidades para envelhecer, segundo o ranking do Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade. Entre as cidades mineiras com melhor IDHM, ela está em quarto lugar, com índice de 0,787.

3. Lagoa Santa

Que tal relaxar em um local bucólico — e na região metropolitana de Belo Horizonte! — cuja paisagem é tombada como Patrimônio Histórico e Paisagístico? Se você se interessou, considere conhecer Lagoa Santa, um recanto com 50 mil habitantes, em média.

Ela é repleta de trilhas e escaladas pelos pontos naturais. Aquele que merece destaque é o cartão-postal de lá, a Lagoa Santa. Ela está entre as 10 cidades de Minas Gerais com melhor IDHM, de 0,777.

E por falar em riquezas naturais, a região é procurada pelas belezas do Parque Estadual do Sumidouro, uma Unidade de Proteção Integral onde são desenvolvidas pesquisas, atividades de educação ambiental e turismo. Vale considerá-la como um dos melhores lugares para se morar ou só mesmo para curtir nos dias de descanso!

4. Lavras

Localizada no Campo das Vertentes, Lavras se destaca não só pela excelência do ensino superior como também pela qualidade de vida dos seus 100 mil moradores. Não à toa é a primeira de Minas na lista das melhores cidades para envelhecer, segundo o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade. Além disso, está em quinto lugar na lista dos melhores IDH do estado (0,782).

A natureza que a envolve explica a medalha de ouro quando o assunto é bem-estar. O Parque Florestal Quedas do Rio Bonito concentra o que a região tem de melhor: trilhas, cachoeiras, piscinas naturais, mirantes. Lavras está situada ainda na Serra do Campestre ou da Bocaina, de onde se observa as cidades vizinhas, como São Thomé das Letras.

A extensa área rural da cidade contribuiu para que a instituição pioneira no Brasil de ensino agropecuário fosse de lá, a ESAL (Escola Superior de Agricultura de Lavras). Anos mais tarde, a escola tornou-se a atual universidade federal da cidade, a UFLA.

5. Nova Lima

Apenas um pouco mais de 20 km separam Nova Lima de Belo Horizonte, e a diferença em relação à capital é gritante. Nova Lima está incrustada no meio das montanhas mineiras, com atrativos que são ótimos motivos para fugir dos centros urbanos. Ela é chamariz para praticantes de esportes em meio à natureza, a exemplo do mountain bike, trekking e corrida.

Belas paisagens escondem cachoeiras e trilhas entre o verde do município. Há ainda atrações como lagoas — do Miguelão, das Codornas e dos Ingleses — e os parques Ecológico Municipal Rego dos Carrapatos e Estadual da Serra do Rola-Moça.

A característica bucólica do lugar, com 80 mil habitantes, contribui para que ela seja a melhor cidade para se viver em Minas Gerais — o IDHM chega a 0,813. Como não considerar Nova Lima para investir em um imóvel em meio às montanhas?

Sem dúvida não faltam lugares perfeitos para se ter um sítio em Minas Gerais, cercado de natureza, com um clima ameno e sem a correria e a agitação comuns de uma cidade de grande porte. É um investimento que vale a pena para garantir bem-estar e conforto para toda a família.

Já está em dúvida sobre em qual dos paraísos acima ter um sítio para descansar com seu cônjuge e seus filhos? Não deixe de compartilhar este artigo nas redes sociais para seus contatos também opinarem e sugerirem mais cidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *