2186312802.8dd5717.ad2885031af548349667071fa93181dd

Conheça as principais dúvidas sobre financiamento imobiliário

O número de pessoas que recorrem ao financiamento imobiliário cresce exponencialmente, movimentando bilhões de reais a cada ano. Entretanto, apesar de muito acessível, a maioria dos brasileiros tem diversas dúvidas no momento de contratar esse tipo de crédito. Isso acaba deixando a realização do sonho tão almejado da casa própria cada vez mais longe.

Nosso objetivo com este artigo é mostrar esses questionamentos e apresentar suas respectivas respostas de forma simples, objetiva e esclarecedora. Confira!

Qual a complexidade e demora de um financiamento bancário?

A resposta para essa pergunta é o bom e velho “depende”!

Existem alguns fatores que podem atrasar o tempo de resposta de um banco em relação à aprovação ou não de um financiamento imobiliário, e os principais são os documentos de regularização do imóvel e os do solicitante.

Sendo assim, antes de dirigir-se a uma agência bancária para fazer a solicitação, certifique-se de que todos os documentos exigidos pela instituição já estejam em sua posse, bem como se o imóvel pretendido se encontra legalmente registrado e sem nenhum impedimento, o que pode ser facilmente verificado nos Cartórios de Registros de Imóveis.

É importante que você tenha cuidado com esses documentos, pois alguns bancos adotam a política de não aprovar um crédito previamente reprovado em um período que pode variar entre 90 a 180 dias, dependendo da instituição.

Quais profissionais podem auxiliar o solicitante?

O solicitante de um financiamento imobiliário poderá contar com a ajuda de alguns profissionais, podendo ser um corretor de imóveis ou consultor imobiliário, que tenham como função encontrar o imóvel ideal, assim como fazer sua intermediação com o proprietário que deseja realizar a venda e a instituição bancária.

Outro profissional que poderá ser requisitado no momento da contratação é o advogado. Ele instruirá o comprador em relação às cláusulas do Contrato de Compra e Venda e também do próprio financiamento.

A compra de um imóvel financiado é um procedimento que, na maioria das vezes, é realizado em longo prazo, com prestações a perder de vista. Por esse motivo é fundamental que todo o processo seja realizado mediante o crivo analítico de profissionais especializados nesse tipo de aquisição.

Quanto tempo demora para aprovar um financiamento imobiliário?

O tempo médio de aprovação de um financiamento imobiliário é muito variável, de acordo com cada instituição bancária. Pode levar de 3 a 5, ou até mesmo 15 dias.

O que determinará o tempo que leva para a aprovação do crédito, na verdade, será a correta apresentação dos documentos do solicitante e esse é um tema que vamos abordar no item a seguir.

Quais os documentos exigidos para aprovação de financiamento imobiliário?

Os documentos exigidos para aprovação de um financiamento imobiliário podem variar de acordo com o perfil do solicitante.

Se ele for um assalariado, é bem simples: basta apresentar o RG (Registro Geral, ou mais conhecido como “identidade”), CPF (Cadastro de Pessoa Física), comprovante de residência, certidão de casamento – se for casado – e o seu comprovante de renda e de vínculo profissional.

Se o solicitante for um profissional liberal ou autônomo, deverá apresentar os mesmos documentos, com algumas alterações em relação à comprovação de renda e vínculo profissional através de algum desses documentos:

  • contrato de prestação de serviços;
  • declaração do imposto de renda;
  • RPA (Recibo de Pagamento Autônomo); ou
  • DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos).

Esse último documento deverá ser elaborado por um contador, devidamente inscrito em seu órgão de classe competente.

Vale ressaltar que, como existiam muitas fraudes na emissão de DECORE, algumas instituições bancárias se reservam no direito de não aceitar esse tipo de documento como comprovação de renda do solicitante.

Também temos os casos de pessoas que são proprietários do seu próprio negócio. Para eles, além dos documentos pessoais descritos neste item, deverá ser apresentado o comprovante de retirada de pró-labore, efetuado mensalmente, ou a declaração do imposto de renda anual.

Ainda sobre os donos do próprio negócio, é possível que o banco solicite documentos contábeis da sua empresa para verificar a existência da mesma, e também sua capacidade financeira e porte patrimonial.

Esses são os documentos – relacionados ao contratante – que geralmente são exigidos pelas instituições bancárias. No entanto, nada impede que o banco solicite mais documentos ou informações para a liberação do crédito.

A Caixa Econômica Federal é a melhor opção de financiamento imobiliário?

Podemos garantir que quando se lê o termo “financiamento imobiliário” a primeira instituição bancária que vem à mente das pessoas é a Caixa Econômica Federal. Isso acontece porque todos os programas habitacionais oferecidos pelo Governo Federal são realizados por esse banco, que é uma empresa pública controlada pelo mesmo.

Os financiamentos oferecidos por ela podem ser uma opção vantajosa para pessoas e famílias de baixa renda, no entanto, para aqueles que possuem melhores condições financeiras, que estejam classificados entre as classes média e alta, existem opções melhores, como aquelas oferecidas por outros bancos, ou até mesmo o financiamento direto com a construtora.

Quais cuidados devem ser tomados?

Como mencionamos no início deste artigo, estamos tratando de uma operação financeira de altos valores e com prazos extremamente longos, sendo assim, é necessário que o solicitante tenha cuidado redobrado no momento de firmar um contrato em relação a:

Escolha da instituição bancária

Selecione aquela que ofereça as melhores taxas de juros, dentro do prazo de pagamento escolhido;

Tarifas

Por se tratar de um contrato de longo prazo, algumas taxas podem ser cobradas, então fique atento e sempre comunique esses valores ao seu advogado, que verificará se tal cobrança é legítima ou arbitrária;

Falta de conhecimento

Os maiores prejuízos sofridos pelas pessoas que fazem um financiamento imobiliário ocorrem porque ela simplesmente não sabe coisas básicas sobre o assunto, nem os cuidados necessários no momento de contratar o crédito.

Movidas por uma forte emoção gerada pelo sonho de possuir a sua própria casa, as pessoas acabam firmando contratos que as induzem ao erro, tendo que pagar altos valores que não foram claramente descritos quando o acordo foi estabelecido.

Gostou deste artigo sobre as principais dúvidas a respeito de financiamento imobiliário? Então deixe um comentário e compartilhe seus questionamentos e opiniões sobre esse tipo de crédito, vamos conversar!