2186312802.8dd5717.ad2885031af548349667071fa93181dd

Conheça os principais tipos de financiamento imobiliário

O sonho da casa própria é um dos principais desejos da maioria dos brasileiros. Não raro, encontramos pessoas recorrendo aos créditos imobiliários para aquisição dos seus imóveis. Mas você conhece os tipos de financiamento para este fim que existem aqui no Brasil?

O mais famoso, sem dúvidas, é o programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. No entanto, é necessário conhecer alternativas de crédito imobiliário para que você possa escolher o que mais se encaixa na sua necessidade.

Os altos custos dos imóveis, especialmente após a grande valorização imobiliária que testemunhamos nos últimos anos, fez com que cada vez mais brasileiros recorressem a esses produtos financeiros para realizar o grande desejo.

Foi pensando nisso que resolvemos escrever este artigo com as informações mais importantes sobre os tipos de financiamento. Confira:

Minha Casa Minha Vida: o mais conhecido dos tipos de financiamento

Certamente você já ouviu falar no programa Minha Casa Minha Vida. A maioria dos financiamentos imobiliários realizados no Brasil são feitos por este programa do Governo Federal vinculado à Caixa Econômica.

O programa visa beneficiar pessoas que possuem uma determinada renda mensal. Até dezembro de 2016 o limite era de R$ 6.500,00, porém, para os financiamentos contratados em 2017, passou a ser de até R$ 9.000,00.

Existem 3 faixas de renda familiar consideradas para a concessão do crédito. Para as pessoas que têm uma renda familiar de até R$ 2.600,00, a faixa é 1,5. Aqueles que possuem rendimentos mensais de até R$ 4.000,00 estão na faixa 2 e, por último, as famílias que possuem renda de até R$ 9.000,00 estão enquadradas na faixa 3.

O valor do financiamento, que pode chegar até R$ 240.000,00 com as novas regras, é disponibilizado de acordo com a faixa de enquadramento do solicitante.

A ampliação do programa Minha Casa Minha Vida foi feita pelo Governo Federal com o objetivo de aumentar a quantidade de pessoas capazes de aderirem ao financiamento. O objetivo dele é construir 610 mil unidades habitacionais no ano de 2017.

Os principais benefícios deste programa de financiamento habitacional são o prazo, que pode ser de até 360 meses para pagar, e a possibilidade da utilização do saldo do FGTS para compor o valor mínimo da entrada. A escritura do imóvel é realizada no nome do adquirente.

Financiamento de imóveis da Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal também oferece financiamentos imobiliários desvinculados do programa Minha Casa Minha Vida. É possível financiar casas prontas, novas ou usadas e lotes para construção.

O valor financiado pode ser de até 95% do valor do imóvel e o prazo para pagamento é de até 35 anos.

Os benefícios da aquisição deste crédito imobiliário são vários, dentre eles estão a segurança de contratar uma instituição bancária que possui uma grande expertise em financiamentos imobiliários, taxa de juros baixas, a partir de 5% ao ano, bem como a possibilidade da utilização do saldo do FGTS para compor a entrada do financiamento.

Construcard Caixa

O Construcard Caixa é um cartão de crédito, cedido pela Caixa Econômica Federal, com o objetivo de financiar as compras de materiais de construção em lojas parceiras, credenciadas pela instituição financeira. A principal utilização deste crédito é em reformas ou construção de imóveis residenciais.

Com o Construcard, o portador pode comprar materiais de construção e parcelar com taxas de juros reduzidas e parcelas muito flexíveis.

Ao adquirir o cartão, o proprietário tem um prazo de 2 a 6 meses para realizar suas compras. Neste período são cobrados apenas os juros dos valores utilizados. Assim que finalizar este prazo, as parcelas das compras serão cobradas. A quantidade de parcelas varia de 1 a 240 meses.

O principal benefício do Construcard é a praticidade. O portador poderá escolher, entre as lojas credenciadas, aquelas que ofereçam o melhor preço ou prazo de entrega ou ainda aquela que possuir os materiais que mais lhe agradam.

Para contratar o Construcard, o interessado deve dirigir-se a uma agência da Caixa Econômica Federal munido de seus documentos pessoais e solicitar o cadastro.

Assim como em todo o financiamento, são calculados o risco e o limite de crédito para cada pessoa. O valor total parcelado não pode ser maior que 30% do orçamento familiar.

Para aqueles que possuírem um limite de crédito de até R$ 30.000,00, não é necessário prazo de carência de abertura de conta na instituição financeira. No entanto, para valores superiores, além de possuir um tempo mínimo de conta, será exigida uma garantia real para liberação do crédito.

Financiamentos imobiliários de bancos privados

Engana-se quem pensa que somente a Caixa Econômica Federal oferece boas opções de financiamentos imobiliários. Os bancos privados também oferecem boas linhas de crédito para quem deseja comprar, construir ou reformar uma casa ou adquirir um terreno.

Você pode buscar algumas opções no mercado. Segundo uma matéria publicada no portal da revista Exame, bancos como o Santander e Banco do Brasil oferecem financiamentos imobiliários tão bons quanto a Caixa no quesito das taxas de juros.

Obviamente, a Caixa Econômica Federal oferecerá as melhores taxas do mercado, uma vez que tem por trás de seus recursos o governo brasileiro, detentor da maior parte das quotas do banco. No entanto, se você não conseguir financiar seu imóvel pela instituição, pode buscar alternativas de financiamento em bancos privados.

Vale lembrar que a Caixa possui uma análise de crédito muito criteriosa e que se algum item não for atendido seu financiamento não será aprovado.

Nas instituições bancárias privadas a análise é menos burocrática, além de ser aberto às pessoas com renda familiar superior aos limites mencionados nos outros trópicos deste artigo.

Financiamentos direto com a construtora

Neste artigo tratamos muito das opções de tipos de financiamento imobiliário disponibilizados pelos bancos. No entanto, existem construtoras no Brasil que oferecem este tipo de serviço.

É possível que a própria empresa que está construindo o imóvel financie todo o empreendimento ou parte dele.

Esta prática é muito comum em compras de imóveis em grandes áreas de condomínios, em que o interessado pode financiar o valor da entrada junto da financeira e, após o término da obra, buscar o financiamento na Caixa Econômica Federal ou outra instituição bancária.

Gostou deste artigo com os principais tipos de financiamento imobiliário existentes no Brasil? Gostaria de conhecer mais sobre este assunto? Então, entre em contato conosco, será um prazer atendê-lo e tirar suas dúvidas!