2186312802.8dd5717.ad2885031af548349667071fa93181dd

Quais são as etapas do processo de financiamento da Caixa?

Graças a excelentes taxas de juros do mercado, o processo de financiamento da Caixa é um dos mais procurados pelos brasileiros. No entanto, antes de recorrer a essa solução financeira você precisa entender como é feita a análise de crédito e quais são as exigências do banco.

Os créditos da Caixa voltados para habitação são úteis para diferentes situações. Eles podem ser usados para a compra de um imóvel novo ou usado, para a aquisição de um terreno ou apenas para construção, você escolhe de acordo com a sua necessidade.

Para você que tem o sonho de adquirir seu primeiro imóvel ou mesmo para quem tem interesse em realizar bons negócios que poderão resultar em rendimentos, preparamos este post sobre as etapas do financiamento. Confira!

Vantagens do processo de financiamento da Caixa

A linha de financiamento da Caixa Econômica Federal para habitação é uma das mais conhecidas do país. Mesmo assim, a maioria das pessoas tem dúvidas sobre quais são os procedimentos para solicitação, como é feita a análise de crédito e para quais situações esse tipo de crédito é mais indicado.

De maneira geral, o valor da prestação não poderá ultrapassar 30% da renda familiar bruta comprovada e é possível financiar até 80% do valor do imóvel. Além disso, o prazo máximo concedido pelo banco para o pagamento das parcelas são 35 anos – um tempo considerável que exige um bom planejamento financeiro para você conseguir manter as prestações em dia.

É importante saber também que a taxa de juros é a partir de 5% ao ano, sendo que mensalmente eles são recalculados e atualizados de acordo com o saldo devedor. Isso significa que caso seja possível antecipar o pagamento das parcelas, certamente você pagará menos juros ao final do contrato.

Simulações

O primeiro passo para conseguir um financiamento pela Caixa é fazer simulações para identificar quais prazos e condições você terá para conseguir adquirir o imóvel desejado. No simulador, será necessário colocar dados como o tipo de financiamento pretendido e a categoria, que se divide entre imóvel novo, usado, aquisição de terreno, construção e reforma.

Também é preciso informar o valor aproximado do imóvel, a localidade, renda bruta familiar mensal e a data de nascimento do comprador. Tudo isso é feito no próprio site da Caixa e o resultado do prazo para o pagamento das parcelas, valores e juros cobrados dependerão de uma série de fatores.

Tudo é levado em consideração, inclusive a sua idade. Por isso, nem sempre é recomendável que você tenha como referência financiamentos feitos por outras pessoas. Entenda que as condições determinadas pelo banco variam de acordo com o proponente.

Análise de cadastro feita pelo banco

Como em qualquer outra situação de disponibilização de crédito, a Caixa faz uma análise criteriosa sobre a sua situação antes de autorizar ou não o financiamento. Por isso, uma dica importante a ser seguida desde já é que você mantenha as finanças organizadas e não comprometa boa parte dos seus rendimentos com contas desnecessárias como cartão de crédito, por exemplo.

Para essa etapa de análise de cadastro, é preciso que você apresente ao banco uma lista de documentos que inclui comprovantes de renda, última declaração de Imposto de Renda e documento de identificação.

Caso seu empréstimo seja autorizado, a Caixa definirá quais serão as condições aceitas para a aquisição do imóvel, o valor total do financiamento, quantidade de parcelas e a possibilidade do uso FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

O prazo médio em que a análise costuma a ser feita é de 5 dias e com o resultado em mãos será mais fácil para você organizar as finanças pensando no valor exato das parcelas que precisará pagar. Além do mais, sabendo exatamente o valor do crédito disponibilizado, ficará mais fácil procurar diferentes opções de imóveis que se enquadrem no seu perfil.

Avaliação do imóvel escolhido

Após a aprovação do crédito, será a sua vez de escolher o imóvel, o que pode ser algo fácil ou não. Afinal, você precisará considerar alguns critérios que atendam suas necessidades como valor, tamanho, localização, entre outras coisas.

Além do mais, a própria Caixa também precisa fazer uma avaliação para se certificar de que o imóvel atenda as condições do financiamento. Essa análise técnica é realizada por engenheiros credenciados pelo banco e, sem a vistoria, nenhum negócio poderá ser fechado.

Depois que o banco examina o laudo feito pelo engenheiro e o aprova, finalmente será possível realizar a compra. Lembrando que existem também outras modalidades como a aquisição de terrenos para a construção ou apenas solicitação de crédito para reforma. Com isso em mente, o passo a passo que está sendo explicado aqui diz respeito à compra de imóveis novos ou usados.

Disponibilização do crédito para a compra

Uma vez que for concluída as fases da análise de crédito e da vistoria técnica, chega o momento da assinatura do contrato com a Caixa. Tanto o comprador quanto o vendedor do imóvel devem comparecer à agência para a formalização do negócio.

Com isso, o comprador deve providenciar o registro do contrato no Cartório correspondente a imóveis. A partir do momento em que ele tiver a certidão registrada em mãos, deverá voltar à Caixa para, finalmente, obter a liberação do crédito.

Antes de fechar o contato, faça diversas visitas ao imóvel escolhido para se certificar de que ele realmente é o que você deseja nos mais variados quesitos, desde a localização até questões de infraestrutura como iluminação e ventilação.

Também não se esqueça de criar um planejamento financeiro em que será possível acompanhar seus rendimentos mensais. Você deve anotar tudo: gastos fixos, o que pode ser separado para uma reserva de emergência e, claro, o quanto você está disposto a investir nas parcelas do financiamento. Saber tudo isso é importante antes mesmo de fazer sua primeira visita à Caixa com o intuito de obter o financiamento.

E você, já conhecia todas essas informações a respeito do processo de financiamento da Caixa? Lembre-se de que nossos consultores estão à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas que você tiver a respeito do assunto! Portanto entre em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo!